Voltar

ABERTURA DO ATELIÊ ANTÓNIO CARNEIRO — EXPOSIÇÃO INAUGURAL

ATELIÊ ANTÓNIO CARNEIRO

Vista interior do ateliê do pintor António Carneiro, 1930 Autor desconhecido Coleção Museu do Porto / Ateliê António Carneiro

A exposição inaugural do novo Ateliê António Carneiro no Porto, com projeto de reabilitação do arquiteto Camilo Rebelo, é um importante momento artístico e cultural ao permitir ao público um renovado contacto com aquele que é um dos maiores pintores portugueses e, decerto, o que melhor ajudou a fazer a passagem do Simbolismo finissecular.

Constituída por núcleos temáticos, a exposição acolhe ainda uma relação com a contemporaneidade, ao mostrar como que num diálogo largo no tempo, uma série de obras de escultura de Miguel Branco. Dos diferentes núcleos que compõe a exposição destacam-se: n’«A Paisagem» privilegiam-se as obras porventura menos conhecidas do artista realizadas sobre o tema da paisagem, com uma série de Marinhas e de Noturnos, de delicada invenção plástica e complexa execução, evidenciam o sentido de dissolução das formas. A «Chave Simbolista» ocupa-se com evidenciar como a arte de Carneiro começou por se abrir ao Simbolismo. «A Família» reúne algumas das imagens íntimas em que Carneiro retratou a sua Família em aproximações sensíveis verdadeiramente fascinantes.

Também a presença das obras do artista de Miguel Branco com três núcleos escultóricos, procura mostrar como reverbera ainda, na contemporaneidade, um eco simbolista que importa atender no seu significado ético e estético.

 

 

ENTRADA

Entrada gratuita, sujeita à lotação do espaço.

ENDEREÇO

Rua de António Carneiro, 345

4300-025 Porto

Direções