Voltar

Dia Mundial da Poesia 2024 — Poesia Andante #2

METRO DO PORTO

A poesia de Eugénio de Andrade vai ao seu encontro e volta ao metro, nos dias 20 e 21 de março. O ponto de partida de uma Poesia Andante que se quer mais viva, livre e próxima de quem a sente e deseja.

 

As leituras públicas da obra de Eugénio Andrade decorrem em dois períodos. De manhã, entre as 11H e as 12H30, na estação Trindade. À tarde, das 14H30 às 16H, na estação Bolhão.

 

A oportunidade para celebrar e escutar Eugénio de Andrade pela voz de Isaque Ferreira, Ismael Calliano, Rui de Noronha Ozorio, Rui Spranger e Sandra Salomé.